Arquivo de etiquetas: Ferida

Mapas de Espelho – Para que não inventassem que dizia

para que não inventassem que dizia   Revoltou-se na ferida devolvida no confundir do lençol, com o arrojo da indiferença lançou-se na arena: alucinava; Seduzida na sua fúria rompia vermelha viva a carne, oxidado simula em cada ímpeto a afectação … Continuar a ler

Publicado em Mapas de Espelho | Etiquetas , , , , , , | 3 Comentários

Respigar – O que foi que eu fiz noite

sob o sol soletra:
só tu sobrevives à solene solitude,
dentro do golpe – aberto e limpo –
só tu saberás o poder; Continuar a ler

Publicado em Respigar | Etiquetas , , , , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

Mateus 7.6 – XIII

  XIII   Vencida, amor, no soturno tempo desmedido à espera da pausa – de ti – sem indício abrindo feridas raras. Abarcar, amor, cada  noite podendo ser tão diferente, mas por dentro há uma âncora  que persiste alagando-me sem … Continuar a ler

Publicado em Mateus 7.6 | Etiquetas , , , , , , , | Publicar um comentário